quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

A reforma da Previdência e a privataria dos fundos de pensão


Os dilemas do sistema de aposentadoria exigem uma reflexão sobre a longevidade dos trabalhadores.

Por Osvaldo Bertolino

  
A previsão do banco norte-americano Citibank de que a aprovação da “reforma” da Previdência Social trará uma “economia” de cerca de R$ 500 bilhões nos próximos dez anos “para o país” é um dado revelador; o ministro da Economia, Paulo Guedes, prevê que a “economia” será de R$ 1,1 trilhão. O termo “economia” é um sofisma, retórica de marketing para incauto engolir; a “reforma” transfere recursos que deveriam garantir a aposentadoria aos trabalhadores para a ciranda financeira. 

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

A "reforma" da Previdência e a expectativa de vida no Piauí


Combinação de 65 anos de idade para se aposentar e privatização do sistema resulta numa monstruosa perversidade contra os trabalhadores.

Por Osvaldo Bertolino

  
O Jornal O Globo, em editorial intitulado “O falso problema da expectativa de vida no Piauí”, publicado na quarta-feira (13), resumiu como a direita concebe a Previdência Social. O texto critica o presidente da República, Jair Bolsonaro, que citou a expectativa de vida no estado Piauí — de 71,2 anos, calculados em 2017 — como argumento em defesa de um limite mais baixo do que os 65 anos de idade anunciados para a aposentadoria. 

Lia também: 

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Ministro do STF assegura livre manifestação do pensamento nas escolas

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin derrubou a decisão da desembargadora do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) que autorizava a deputada estadual (PSL-SC) Ana Caroline Campagnolo a manter na sua página no Facebook mensagens de estimulo aos estudantes denunciarem professores que fizessem manifestações “político-partidárias ou ideológicas consideradas ofensivas à sua liberdade de crença e consciência”.

Reprodução da Internet
  
A liminar do ministro, numa reclamação (RLC) 33137, considerou que a decisão contraria a medida cautelar referendada pelo Plenário na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 548, que assegura a livre manifestação do pensamento e de ideias em ambiente acadêmico.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

PCdoB: Brumadinho é uma tragédia cometida pela ganância do capital


O Partido Comunista do Brasil externou seu “profundo pesar pelas vítimas do crime social e ambiental” cometido Vale em Brumadinho. Em nota, o partido afirma ainda que o fato não é apenas um crime ambiental e, sim, “um crime de grandes proporções contra o trabalho, uma tragédia cometida pela ganância do capital”. Os comunistas defendem que os responsáveis sejam processados e punidos e o ‘ocorrido desperte um movimento de denúncia contra as privatizações prometidas pelo governo federal’.

Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas
 Um atragédia ambiental e humano que afetou definitivamente a vida da região Um atragédia ambiental e humano que afetou definitivamente a vida da região
Leia abaixo a íntegra da nota:


Solidariedade e pesar às vítimas de Brumadinho

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Lula: "Não deixaram que eu me despedisse do Vavá por pura maldade"


Em mensagem divulgada pelo Instituto Lula, o ex-presidente lamenta que por pura maldade tenham impedido ele de exercer o direito ao último adeus a seu irmão mais próximo. Acostumado a enfrentar as mais variadas adversidades, ex-presidente desta vez sentiu-se impotente diante da impiedosa proibição de participar do enterro do irmão

  
O novo ataque do Judiciário contra Lula, ao proibi-lo de se despedir do irmão Vavá durante velório realizado nesta quarta (30), escancarou a faceta mais cruel da perseguição política sofrida pelo ex-presidente. Desta vez, as negativas da Polícia Federal do Paraná, da juíza Carolina Lebbos e do Tribunal Regional Federal da 4ª Região diante de um direito expresso pela Lei de Execução Penal usaram como justificativa “dificuldade logística” ou “questões de segurança”. Mas Lula não se engana: “Não deixaram que eu me despedisse do Vavá por pura maldade”.

PF de Moro nega a Lula direito legal de ir a funeral do irmão


Num gesto de desrespeito à lei e profunda falta de senso humanitário, a Polícia Federal, submetida às ordens do ministro Sérgio Moro, perseguidor de Lula, negou ao ex-presidente o direito de comparecer ao funeral de seu irmão mais velho, Vavá, falecido nesta terça-feira. 

Em evento na Câmara dos Deputados, o ministro Sergio Moro observa o quadro "Tiradentes ante o carrasco" (Rafael Falco, óleo sobre tela, 1951)Em evento na Câmara dos Deputados, o ministro Sergio Moro observa o quadro "Tiradentes ante o carrasco" (Rafael Falco, óleo sobre tela, 1951)
Alegando falta de pessoal --efetivo que nunca faltou quando era para realizar condições coercitivas espetaculosas  -- a Polícia Federal, subordinada ao ministro Sérgio Moro, afirmou à juíza Carolina Lebbos que "não tem condições" de garantir ao ex-presidente Lula o seu direito legítimo de ir a São Bernardo do Campo participar do velório e do sepultamento do seu irmão Genial Inácio da Silva, o Vavá. O irmão de Lula morreu nesta terça (29), vítima de câncer no pulmão.

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

De Tiananmen a Caracas - a ladainha da democracia como valor universal


 "O futuro da democracia venezuelana depende de um poderoso Estado Bolivariano em pleno funcionamento e um país em condições de planificar sua economia, buscando o fim da monocultura do petróleo". 

Por Elias Jabbour

Vem de muito tempo o histórico de intervenções de todo tipo do imperialismo pelo mundo. Desde intervenções armadas abertas até pequenos boicotes econômicos. A supremacia do dólar e a planificação da ação do Federal Reserve pelo mundo amplia sobremaneira o raio de ação dos EUA nos quatro cantos do planeta, sobretudo a partir da década de 1990. Esse raio de ação eleva-se com o domínio pleno, por parte dos EUA, das chamadas TI`s (tecnologias da informação)o que coloca o país em situação privilegiada ante seus principais concorrentes, ampliando o monopólio sobre a formação de subjetividades pelo mundo. Steve Bannon é o nome da vez. Mas podemos falar do “humanista” Bill Gates, de Mark Zuckerberg e Steve Jobs. Todos formados com investimentos de bilhões de dólares do planificado Estado norteamericano.

domingo, 27 de janeiro de 2019

As incorporações ao PCdoB: das Ligas Camponesas ao PPL


"Em todos os processos de ingresso e incorporações, ocorreram dúvidas e mesmo divergências no interior da organização que incorporava ou era incorporada. Isso é natural. Mas o que predominou foi a confiança de que aquilo representava algo positivo para a luta do nosso povo".

Por Augusto Buonicore*

 Ato unitário do PCdoB e do PPL aprovou a união de duas tradicionais forças da esquerda brasileira Ato unitário do PCdoB e do PPL aprovou a união de duas tradicionais forças da esquerda brasileira
Quando foram concluídas as apurações do primeiro turno das eleições de 2018 e o PCdoB não conseguiu ultrapassar a cláusula de barreira, pudemos notar um contentamento indisfarçável no interior da Casa Grande. Afinal, aquele instrumento antidemocrático havia sido criado justamente com esse objetivo. Sob o pretexto de eliminar o excesso de partidos, especialmente os chamados fisiológicos, pretendia-se mesmo era acabar com os partidos ideológicos, como PCdoB, PCB, PSTU, PCO, PPL e PSOL. Destes, apenas este último conseguiu passar pela guilhotina da última reforma eleitoral-partidária. 

sábado, 26 de janeiro de 2019

Joseph Stiglitz: riqueza nas mãos de poucos ameaça a democracia

Para o professor da Universidade de Columbia, prêmio Nobel de Economia, “as desigualdades estão crescendo em todo o mundo, e os governos de direita devem saber que, ao cortar impostos dos mais ricos, a pobreza e as injustiças aumentam”.

  
A reportagem é de Eugenio Occorsio, publicada em La Repubblica, 22-01-2019. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

“Vinte e seis super-ricos detêm recursos equivalentes aos 50% mais pobres da humanidade? Isso me entristece, mas infelizmente não me surpreende. É uma tendência progressiva, irrefreável: no ano passado, o segundo desses dados era igual a não mais de 47%.” Joseph Stiglitz, economista da Universidade de Columbia em Nova York, lê os dados desanimadores da Oxfam e compartilha a definição sintética da organização inglesa, com sede em Nairóbi: “out of control”, uma deriva fora de controle.

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Oxfam confronta Davos com dados alarmantes sobre desigualdade


Antecipando-se aos debates do Fórum Econômico de Davos, a ONG inglesa Oxfam divulgou seu relatório anual mostrando que uma desigualdade "fora de controle" mundo afora, devido em grande parte a sistemas tributários injustos. Aumento de impostos sobre fortuna dos mais ricos permitiria financiar estudos de milhões de crianças.

  
A desigualdade na distribuição de riqueza em todo mundo está "fora de controle", alerta um relatório da ONG antipobreza Oxfam divulgado nesta segunda-feira (21/01). Segundo o documento, em 2018, enquanto as camadas mais favorecidas acumulavam riquezas, as mais pobres ficavam ainda mais pobres, aumentando o abismo entre os dois grupos.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Oito demandas marxistas que podem surpreender



Por Mitchell Aboulafia *

  
Existem muitas maneiras de interpretar Marx. Muitas são legítimas. Mas muitas outras procuram se desfazer de Marx ao invocar a retórica anticomunista eco. O ridicularizam como um determinista econômico estéril ou criticam sua análise e previsões como terrivelmente equivocadas.

Marx nem sempre foi correto (quem é?). Mas ele estava correto ou fazia reivindicações defensáveis com mais frequência do que se imagina.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Orçamento 2019 revela que o rombo está no gasto com a dívida pública


Por Maria Lucia Fattorelli e Rodrigo Ávila*

  
O gasto com servidores públicos – ativos e aposentados – consumirá R$ 350,4 bilhões, evidenciando que não são os servidores ou os aposentados do serviço público que estariam pesando nas contas públicas. As despesas com a Previdência Social (INSS) estão previstas para R$ 625 bilhões, bem menos da metade do que será gasto com a dívida.

Renato Rabelo: PCdoB e sua histórica luta por democracia e liberdades


Diante de um contexto tão desfavorável e ameaçador, no âmbito do debate partidário e junto a aliados do PCdoB, a direção do Partido tem discutido e levado em conta vários ângulos da realidade e analisado alternativas.

Foto: Divulgação
  
É necessário o debate no campo das forças de esquerda, populares e democráticas a fim de se alcançar as posições mais justas. É bem-vindo o debate. O que eu não posso entender, já no longo tempo de militância, é o desvirtuamento da questão no tempo da modernidade da internet, em que forças aliadas descambam para o debate rasteiro, marcado por desdém e grosseria dentro de um mesmo campo político. Até mesmo com as forças adversarias é preciso elevar o nível do debate.

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

O que Adam Smith teria a dizer sobre o salário mínimo


Pai do liberalismo econômico, o escocês era muito mais refinado que seus seguidores contemporâneos. E nunca disse muitas das insanidades marotamente atribuídas e ele 

  
Por David Deccache, editor do Economia à Esquerda

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Ajudada por algoritmos, extrema-direita fez do Youtube seu celeiro

Extensa reportagem de Yasodara Córdova, publicada no The Intercep, mostra como a principal plataforma de vídeos na internet, o Youtube, se transformou num celeiro da nova direita radical, dentro e fora do Brasil. Graças à aplicação de algoritmos, conteúdos extremistas ganham cada vez mais visibilidade numa rede interconectada que tem feito a cabeça (e a fama) de muita gente

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Comunistas chineses querem mais divulgação teórica


Alto líder do PCC pede melhor trabalho de comunicação sob o pensamento de Xi

  
O alto líder do Partido Comunista da China (PCC), Wang Huning, pediu  um melhor trabalho de comunicação sob a orientação do Pensamento de Xi Jinping sobre o Socialismo com Características Chinesas para uma Nova Época. Wang, membro do Comitê Permanente do Birô Político do Comitê Central do PCC e membro do Secretariado do Comitê Central do PCC, fez o pedido em uma reunião com as autoridades de comunicação da China.

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Qual o paradigma chinês? "Sinomics" ou o "Socialismo de Mercado"?


Por Alberto Gabriele e Elias Jabbour*

  
Artigo recente publicado na agência Xinhua (1), assinado por Zheng Xin e Wang Xiuqiong chama a atenção a um tema/questão cada vez mais recorrente entre os economistas, sobretudo heterodoxos: dado o longevo, robusto e resiliente crescimento econômico por quase quatro décadas, o caso chinês já pode ser considerado como um paradigma, nomeado, conforme os autores do artigo, “Sinomics”?

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Correlação de forças na geopolítica mundial na atualidade



Quando usamos o termo correlação de forças no mundo estamos querendo analisar Quais são as forças políticas em cada um dos Campos existentes na sociedade. Para efeitos de análise neste livro adotamos basicamente a existência de dois Campos fundamentais: O campo do imperialismo liderado pelos Estados Unidos e o campo da Resistência cuja as forças ainda não estão sob um comando Unificado.

domingo, 30 de dezembro de 2018

Os êxitos da educação cubana em 2018




Educação em Cuba: o que foi feito em 2018? Cuba é o país da América Latina e do Caribe com o maior índice de desenvolvimento educacional.

Yenia Silva Correa - jornal Granma
  
Na região, somente Cuba alcançou os objetivos globais de Educação para Todos, no período de 2000 a 2015. Cuba é um exemplo mundial das melhores práticas em Educação para o Desenvolvimento Sustentável. Estas foram algumas das manchetes publicadas, desde 2016 até o presente, no site oficial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). De fato, o último é de data recente (março de 2018).

sábado, 22 de dezembro de 2018

“NÃO POSSO ESQUECER VOCÊS”


 
A Escola Arnaldo Alves Cavalcanti, acabou de formar mais 06 turmas em 2018. Foram os 3º Ensino Médio A, B,C e D e as turmas do  EJA MÉDIO E EJA CAMPO.   Como sempre a festa ocorreu no Auditório Dedé Monteiro da escola, que ficou lotado em clima de festividade. Aqui publico,em forma de cordel, a mensagem para os formando dos terceiros C e D que me homenagearam. 

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

O golpe neoliberal definitivo? A "Batalha pela Nação Brasileira"


No Brasil, marcado por transições lentas, graduais e seguras, podemos assistir a um retrocesso civilizacional (lento, gradual e seguro).

Por Elias Jabbour, especial para o Portal Vermelho*

  
A transformação do neoliberalismo em política definitiva de Estado não é algo inédito na história. O exemplo chileno onde a participação do Estado na economia é proibitiva sob forma de lei é quase clássico. Por lá um golpe militar permitiu, na base da força, a construção rápida de uma ordem institucional que (ainda) garante a primazia do mercado (financeiro) sobre os gânglios vitais da economia. No Brasil, marcado por transições lentas, graduais e seguras, podemos assistir a um retrocesso civilizacional (lento, gradual e seguro). Após Collor, Fernando Henrique Cardoso (FHC) e Temer, Jair Bolsonaro poderá ser o algoz do Capitalismo de Estado brasileiro.

O impacto do golpe de 2016 nos indicadores sociais


A tão prometida e esperada recuperação econômica se refletiu apenas no setor de serviços, cujo crescimento foi baseado na informalização e jornadas mais flexíveis. O Brasil cresceu pouco e aumentando a desigualdade.

Por Rafael da Silva Barbosa*

Foto: Agência Brasil
  
O recém-divulgado documento do IBGE – Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira 2018 – é uma ótima oportunidade para se discutir os impactos sociais do golpe de Estado, de 31 de agosto de 2016[1].

Wadson Ribeiro: A escola é laica


Na última terça-feira (11), ecoou uma importante vitória dos educadores, estudantes e da educação pública e de qualidade em todo o Brasil. Foi arquivado na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei Escola Sem Partido (PL 7180/14), também conhecido como “Lei da Mordaça”. O arquivamento sepulta as esperanças daqueles que queriam ver o projeto aprovado nessa legislatura e garante, a priori, a liberdade de ensinar e de aprender, sem nenhum tipo de tutela obscurantista. 

Por Wadson Ribeiro*

Projeto Escola Sem Partido foi derrutado na Comissão Especial da Câmara.Projeto Escola Sem Partido foi derrutado na Comissão Especial da Câmara.
Tal projeto nasceu junto com o ambiente político regressivo que se instalou no Brasil a partir das jornadas de junho de 2013. Ao contrário do que muitos podiam crer, tais manifestações desestabilizaram o país e abriram caminho para a ascensão de forças retrógradas aos governos e ao parlamento. A tramitação com força deste projeto foi possível graças ao crescimento da bancada evangélica eleita em 2014, que associou-se a outras bancadas, como a da segurança pública, conhecida como “bancada da bala,” e impuseram, com os auspícios do então presidente da Câmara, Eduardo Cunha, uma agenda conservadora ao país.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Oposição adia votação da Lei da Mordaça


Obstrução feita por parlamentares contrários à matéria adia novamente votação do relatório do projeto. Nova reunião foi marcada para a próxima terça-feira (11).

Por Christiane Peres*

Richard Silva PCdoB na Câmara
  
As reuniões da comissão especial que analisa o Projeto de Lei (PL) 7180/14, denominada de Escola Sem Partido, desta semana, mais uma vez foram marcadas por bate-boca entre parlamentares favoráveis e contrários à matéria, obstrução, e tentativas de atropelo do regimento. No entanto, apesar da pressa fundamentalista, a obstrução feita pela Oposição impediu, novamente, a votação do relatório do deputado Flavinho (PSC-SP).

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

PREFEITURA DE TABIRA PARTICIPA DO CURSO DE SUSTENTABILIDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA


 Por Dedé Rodrigues

A Prefeitura Municipal de Tabira, sob o comando do Prefeito Sebastião Dias,  participou por intermédio da Secretaria da Juventude e Meio Ambiente,  do Curso de Sustentabilidade na Administração Pública (A3P)  promovido pelo Ministério do Meio Ambiente e o Consórcio Cimpajeú, em Afogados da Ingazeira, ministrado pelo Coordenador Geral da A3P Dioclécio Luz, nos dias 03 e 04 de Dezembro de 2018.  Participaram pela Secretaria de Juventude e Meio Ambiente, o Secretário Dedé Rodrigues e o Engenheiro Ambiental Elves Santos. Abaixo você verá as fotos do evento e alguns slides do curso.

Crise econômica se agrava e abre caminho para a extrema direita


Sinais de degradação social se espalham por todas as regiões do planeta


Por Osvaldo Bertolino



  
Enquanto o presidente eleito Jair Bolsonaro se movimento para montar o seu governo, sustentado nas duas grandes vigas-mestras comandadas pelos superministros Sérgio Moro na Justiça e Paulo Guedes na economia, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela os dados medíocres do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país. O crescimento foi de 0,8% na passagem do segundo para o terceiro trimestre de 2018, na série com ajuste sazonal.